EBOOK: COMO OTIMIZAR A FANPAGE DA SUA 

AGÊNCIA DE VIAGENS

SAIBA COMO OTIMIZAR O PERFIL PROFISSIONAL DA SUA AGÊNCIA PARA TER VISIBILIDADE E OS MELHORES RESULTADOS! 

INTRODUÇÃO

Se sua agência de viagens ainda não possui uma página no Facebook e você não sabe qual a melhor forma de começar, ou se até já criou uma fanpage, mas não tem certeza de como otimizá-la para ter mais visibilidade e gerar mais vendas, este ebook é para você.

O Facebook atingiu em 2018 a marca de mais de 2 bilhões de usuários ativos por mês, e mais de 130 milhões desses usuários são brasileiros. Esses números comprovam que essa ainda é a rede social mais utilizada pelos brasileiros e que as pessoas continuam interagindo nela diariamente.

Em 2017, o Facebook informou que a rede social chegou a 5 milhões de anunciantes ativos, um número que prova que as empresas não podem “fugir” desta plataforma, e isso inclui o ramo turístico.

Se você quer alcançar mais clientes, ter uma presença online já não é mais o principal, é preciso fazer isso corretamente. Acompanhe as estratégias e coloque-as em prática para conquistar novos negócios.

Não misture fanpage com perfil pessoal

Conheço muitas agências de viagens que utilizam perfis pessoais para anunciar sua empresa no Facebook.

Essa não é a melhor opção por 3 motivos:

Limite de conexões: um perfil pessoal só pode chegar a 5 mil amigos. Quando o número estipulado for alcançado, as pessoas não terão mais contato com a sua agência e suas publicações.

Dados: com uma fanpage você tem acesso a métricas, dados demográficos, alcance das publicações, etc. Quando você não consegue analisar dados e resultados, não consegue estruturar ações de marketing e vendas. O perfil pessoal não fornece essas informações. 

Barreira legal: cada pessoa pode ter um único perfil e ele deve ser de uso pessoal. Perfis de empresa podem ser excluídos a qualquer momento.

Por isso, iniciaremos este ebook com passos para criar uma página corporativa no Facebook. Se você já tem uma fanpage e quer apenas otimizá-la para melhorar os resultados, pule para o próximo capítulo clicando aqui.

 

CRIANDO UMA FANPAGE

Para iniciar a criação da sua fanpage, clique aqui.

Você será direcionado a uma página e precisará entrar em “negócio ou marca”. Essa opção serve para que você anuncie seus produtos, serviços e alcance mais clientes com o Facebook.

Você precisará preencher duas informações: nome da página e a categoria, que neste caso será “Agência de Viagens”. Em seguida, deverá escolher a imagem de perfil e capa.

Foto de perfil

Atente-se a foto de perfil, pois toda vez que você fizer uma postagem a imagem irá aparecer no feed de notícias. Recomendamos o uso do logo da sua agência, com boa qualidade. As dimensões são de 170 x 170 pixels em computadores, 128 x 128 pixels em smartphones.

Foto de capa

Quando uma pessoa entrar na sua fanpage, a foto de capa é o que chamará atenção de cara. O padrão de dimensões é de 820 pixels x 312 pixels em computadores e 640 x 360 pixels em smartphones.

Neste espaço você pode disponibilizar informações de contato, slogan da marca, uma foto da agência ou alguma promoção. Seja criativo!

Uma dica: você pode criar uma ótima capa em pouco tempo com o Canva, uma ferramenta online de criação de imagens.

O recurso de arrastar e soltar facilita muito o processo de criação. Além disso, o Canva disponibiliza templates específicos para capa de fanpage. Clique aqui para começar.

Lembre-se: não baixe imagens protegidas por direitos autorais para usar na sua capa, pois isso pode ocasionar processos e multas. Existem bancos que disponibilizam imagens gratuitas. Alguns ótimos e conhecidos são:

Freepik
Pexels
Pixabay
Flickr

Botão de ação

Um botão de ação, ou call to action, tem como objetivo chamar o público para tomar uma atitude. Pode ser um redirecionamento para o site da sua agência, um vídeo falando mais sobre ela ou uma chamada para a pessoa entrar em contato.

Selecionando uma das opções disponibilizadas, o Facebook apresenta um campo para que você preencha com o link de destino. Exemplo www.monde.com.br.

Sobre sua agência de viagens

Essa é uma parte muito importante para criar empatia e confiança entre o possível cliente e a agência. Apresente a missão, valores, visão e porquê o cliente deve escolher a sua empresa.

Crie um perfil com identidade. Além disso, não se esqueça de disponibilizar informações de produtos e serviços, contato e links para páginas externas: site e blog.

 

Além dessas informações, o Facebook traz uma parte intitulada “história”. Nela você pode criar um texto apresentando a trajetória da agência. Abaixo um exemplo de um de nossos clientes, a Orlandando:

ALCANCE ORGÂNICO

Nas palavras do próprio Facebook: “o alcance orgânico é o número total de pessoas que viram suas publicações por meio de uma distribuição não paga”. Não é segredo para ninguém que as empresas disputam pela atenção dos usuários, afinal, a competição para ser notado no meio online está cada vez mais acirrada.

É preciso entender que nem todo o público que visita e curte a sua fanpage irá visualizar todas as suas postagens de fato.

E como fazer para que sua página e seus conteúdos estejam bem posicionados no Facebook? Precisamos entender primeiro como a rede social trabalha seus algoritmos para priorizar páginas e publicações.

Priorização de postagens

Imagina como seria sua experiência com o Facebook se ao entrar você visualizasse todas as atualizações de amigos e páginas que você curte. Seria tanta informação que te deixaria perdido.

Com bilhões de usuários, o Facebook precisava encontrar uma maneira de filtrar publicações para não poluir o feed de notícias com coisas não relevantes de acordo com o perfil do usuário.

Por isso, foi criado o algoritmo EdgeRank, que determina qual alcance as publicações de uma fanpage terão de acordo com o seu histórico.

Ele é uma forma de apresentar conteúdos úteis, baseando-se no histórico de consumo.

Isso significa que o algoritmo analisa o seu comportamento, desde comentários e curtidas, até postagens que você ignora, para entender sua preferência e tornar sua experiência cada vez melhor.

É importante entender este ponto, pois você precisa ter uma estratégia definida e um conhecimento profundo do seu público para criar conteúdos que serão realmente relevantes, caso contrário, não alcançará uma parcela considerável dos consumidores e perderá muitos negócios.

Como melhorar o alcance orgânico

Com o EdgeRank, o alcance orgânico de páginas empresariais diminuiu consideravelmente, por isso, é essencial que você realize algumas ações que te ajudarão a aparecer para o público, mesmo sem investimento pago. Trouxe algumas dicas:

1- Defina as personas da sua agência

A persona é a representação fictícia do seu cliente ideal usando dados reais de comportamento, localização, consumo de conteúdo, perfil de compra, até histórias pessoais e motivações.

Falando do ponto de vista de marketing (digital e de conteúdo), a criação de uma persona para sua agência de viagens é essencial.

Isso porque, quanto mais você entende do perfil de consumidores que compram da sua agência, mais direcionado será o conteúdo disponibilizado, as campanhas de marketing e o atendimento, gerando, consequentemente, mais chances de concretizar as vendas e menos desperdício de dinheiro em ações que não trarão o resultado esperado.

Para que você consiga estruturar a persona da sua agência de viagens, acesse o artigo: como criar a persona da sua agência de viagens.

2- Faça publicações quando seus fãs estiverem online

É óbvio que a taxa de engajamento e alcance será maior se as publicações aparecerem nos horários que o público está interagindo com o Facebook.

E como descobrir quando eles estão online? Utilize o Facebook Insights. Explicarei sobre essa ferramenta a seguir.

3- Republique posts antigos

Você pode (e deve) republicar conteúdos antigos. Eles devem ser atemporais, ou seja, conter assuntos que não ficam desatualizados. Por exemplo, faz 1 mês que você disponibilizou um material com dicas de restaurantes em Buenos Aires.

Se você publicá-lo novamente, a chance de um novo público ser alcançado é grande. Além de melhorar o alcance, você diminui o tempo na produção de conteúdo.

Mas não adianta fazer uma postagem hoje e em 2 dias republicar e depois de 3 dias publicar novamente. Tenha bom senso para que a experiência do usuário não seja prejudicada e ele deixe de curtir sua página.5- Estimule comentários e interação do público

4- Estimule comentários e interação do público

No final de cada postagem, peça para os seguidores deixarem comentários e faça perguntas sobre o que eles querem ver. Essa é uma forma de fazer com que o conteúdo volte para o feed de notícias, estimulando a troca de comentários. E claro, sempre responda o público, tire dúvidas e interaja.

5- Crie enquetes na Fanpage

Este tipo de publicação costuma gerar muito engajamento do público e possibilita que você colha feedbacks valiosos. Um exemplo de enquete seria:

Opção 1: Grupo para Disney

Opção 2: Grupo Terra Santa e Roma

Se você está se preparando para lançar um novo grupo, com essa enquete será possível interagir com o público e ainda ter uma ideia de preferência de destino.

Para criar uma enquete, clique para escrever uma nova publicação. Nas opções você encontrará o botão “enquete”. Basta montar com as opções e um texto de interação para que o público responda.

Analise as métricas do Facebook Insights

Essa ferramenta foi desenvolvida para que os empreendedores pudessem verificar os dados relacionados às suas páginas corporativas no Facebook.

Se você tem a fanpage da sua agência criada, não precisa baixar mais nada para ter o Facebook Insights, ele já está na versão de páginas empresariais com mais de 30 curtidas.

Veja o que é possível analisar com essa ferramenta:

  1. Horário em que seus seguidores estão online;
  2. Curtidas na página;
  3. Ações na página;
  4. Alcance;
  5. Envolvimento com a publicação.

Falarei de cada tema abaixo.

Para começar a analisar, entre na página da sua agência. No topo você irá encontrar alguns botões. Clique em “Informações”.

Por padrão, o Facebook irá puxar os dados dos últimos 7 dias, mas você pode mudar para analisar outros períodos: o dia anterior ou 28 dias.

Do lado esquerdo da tela você verá várias abas. Clique em “publicações”.

Este relatório mostra quando as pessoas que curtem a sua fanpage estão online. Você deve analisar os horários de pico para planejar as publicações.

Curtidas na página

É interessante visualizar esta métrica por dois motivos: saber como tem sido a expansão de curtidas da sua agência, se é algo gradativo, se tem picos, etc. E também para analisar as descurtidas.

Se você quer consolidar sua fanpage, precisa oferecer conteúdos que agradam o público. Se a taxa de descurtida tem sido alta, algo não está certo.

Ações na página

Com essa métrica você consegue medir os cliques em botões de ação na sua fanpage. Inclusive o botão abaixo da capa que foi citado no capítulo anterior. 

O ideal é que essa métrica caminhe ao lado do aumento de curtidas.

Se você está alcançando um novo público que analisou suas publicações e se interessou, naturalmente eles devem querer conhecer mais da sua agência, seja ligando ou entrando em seu site.

Alcance

O alcance é medido pelo número de pessoas que viram sua publicação, ou seja, o quanto ela foi distribuída. Essa é uma métrica que pode ser analisada por duas óticas: distribuição paga e orgânica.

O alcance orgânico representa o número de pessoas que viram sua publicação sem que tenha sido investido nenhum valor de impulsionamento.

O alcance pago, por sua vez, é o número de pessoas atingidas levando em conta o investimento realizado.

Envolvimento com a publicação

Essa é uma métrica que mostra quantas pessoas estão curtindo, comentando e compartilhando seu conteúdo.

Antes de mais nada, vale lembrar que estamos nos referindo a conteúdos de valor, ou seja, aqueles que oferecem ao consumidor ajuda no momento em que ele precisa.

Se você divulga uma imagem de bom dia e recebe 100 curtidas, pare e pense: por que essa métrica é relevante? Está me trazendo algum número de vendas? Algum novo pedido de orçamento? Alguma indicação positiva da minha agência?

O envolvimento com a publicação é uma forma de medir o engajamento das pessoas que curtem sua página. Recomendo que você faça uma análise deste ponto sempre que disponibilizar um novo material.

Foi um conteúdo de dicas de viagens, por exemplo: como as pessoas reagiram? Vale a pena continuar na mesma linha de produção de conteúdo?

É muito interessante olhar por essa ótica porque o envolvimento representa interesse das pessoas, e analisar essa questão te fará produzir conteúdos mais direcionados e interessantes para o seu público.

Essa é a visão geral quando você clica para analisar o envolvimento com a publicação. Logo do lado direito da página, o Facebook te dá a opção de impulsionar a publicação.

Se quiser entender como segmentar e impulsionar para melhorar os resultados da sua fanpage, leia nosso ebook sobre marketing digital.

Dica: para que você conheça melhor o público que acompanha a sua agência de viagens, o Facebook disponibiliza alguns dados demográficos, de gênero e faixa etária. Para encontrar essa métrica, basta clicar em “pessoas” no canto inferior esquerdo da sua tela.

ALCANCE PAGO

Facebook Ads

O Facebook Ads é um sistema de mídia paga que possibilita a criação de anúncios pela rede social. Como eu disse anteriormente, o Facebook não apresenta suas publicações a todos que curtem sua página.

Anunciando com o Ads você consegue atingir uma porcentagem maior dos seus fãs e ainda atinge novas pessoas, ampliando as chances de fechar negócios.

Tipos de anúncio

Envolvimento de publicação de página: com este tipo de anúncio você pode impulsionar publicações apresentando-as para um número maior de fãs da sua página. Com isso, as curtidas, comentários e compartilhamentos irão aumentar.

Curtidas de página: estes anúncios atingem pessoas de fora da sua fanpage, fazendo com que sua página ganhe novas curtidas.

Cliques no site: um anúncio que permite que os usuários sejam direcionados para um website externo.

Conversões no site: estimula o usuário a converter em um anúncio, tomar uma ação. Este tipo é parecido com o anterior, mas foca em conversões e não em cliques.

Instalações do aplicativo: anúncio que estimula o público a baixar o seu aplicativo.

Envolvimento com o aplicativo: anúncios com o objetivo de gerar maior envolvimento com o aplicativo que a empresa disponibiliza.

Participações no evento: anúncios para promover algum evento.

Obtenções da oferta: anúncios que promovem ofertas.

Impulsionamento de postagens

Impulsionar postagens é a forma mais simples que o Facebook oferece para alcançar novos públicos que não curtem sua fanpage e que talvez não conheçam sua agência de viagens.

Como impulsionar?

A primeira coisa que você precisa é publicar o post - com comunicação clara - que deseja impulsionar para um determinado público.

Pense nesse público com cautela. Tenha em mente fatores como: quem são os decisores que costumam comprar esse produto? Qual o perfil dos clientes que gostam desse destino? Feito isso, vá até a publicação na sua fanpage e busque por “Impulsionar Publicação”.

Caso você não encontre esse botão em seus posts, pode ser que não esteja acessando o Facebook com a conta administradora da página. Cheque isso antes de começar.

Assim que clicar no botão você verá a seção de objetivos com 2 opções: o incentivo a visitas no seu site (pessoas que têm maior probabilidade de visitar sua página) e o envolvimento com reações, comentários e compartilhamentos (pessoas que têm maior probabilidade, de acordo com o perfil, de interagir com a sua publicação). Escolha o que faz mais sentido para sua agência de viagens e para o post.

Logo abaixo você pode ou não selecionar um botão clicável com a mensagem que mais se adequar ao objetivo que escolheu. Se o link do post vai levar seu público a página principal do seu site, faz mais sentido usar o “Saiba Mais” do que o “Comprar Agora”, a não ser que exista a opção de compra direto no site da sua agência de viagens.

A próxima etapa é a definição do público. Você tem 3 opções para selecionar: criar um direcionamento, pessoas que curtiram sua página ou pessoas que curtiram sua fanpage e os amigos delas.

A única opção na qual você precisa filtrar seu público, pois ele será novo, é utilizando a primeira. Uma segmentação pode ser baseada em gênero, idade, localização, interesses, dados demográficos e comportamentos.

É interessante utilizar ao máximo os dados que você tem sobre seu público para fazer com que seu impulsionamento gere os melhores resultados.

Mas tome cuidado para não filtrar em excesso. Um exemplo que poderia prejudicar sua performance: deixar apenas homens, de 41 a 43 anos, que moram na sua cidade e se interessam por vinho. Percebe que é um perfil muito específico? Isso é prejudicial, pois você não conseguirá atingir um número legal de pessoas.

Os próximos (e últimos passos) são: adicionar um orçamento, ou seja, o valor máximo que você deseja gastar com esse impulsionamento, a duração dele e selecionar a forma de pagamento.

Conforme for preenchendo essas últimas etapas, você verá que o Facebook entrega uma quantidade estimada de pessoas que podem ser alcançadas e o gasto médio diário, de acordo com sua escolha de público e o tempo de veiculação. Uma vez criado o impulsionamento, ele pode ser pausado a qualquer momento caso você conclua, antes da data estipulada, que não foi a melhor estratégia.

O Facebook também te dará métricas de visualização, alcance e cliques no seu post, para que você avalie se a ação fez sentido para os objetivos da sua agência de viagens.

PRÍNCIPIO 80/20

A regra de pareto (ou princípio 80/20) foi criada pelo economista italiano Vilfredo Pareto em 1906, quando analisou que 20% das pessoas tinham a posse de um número maior de terras e riquezas que a maioria, ou seja, os outros 80%.

Hoje o princípio é usado tanto na vida pessoal como profissional. A premissa é que 80% dos resultados vem de 20% das causas.

Como essa regra pode ser usada no Facebook?

Profissionais de marketing dizem que 80% das suas publicações devem conter conteúdos informativos, úteis e de ajuda ao público. A outra parte, 20%, deve conter conteúdos comerciais, de venda.

É muito importante que você consiga equilibrar esses dois lados, afinal, é essencial gerar engajamento com materiais que visam levar conhecimento e ajudar a audiência, mas também é preciso gerar oportunidades de negócio.

Conteúdos que podem entrar nos 80%:

Como economizar para comprar sua próxima viagem. Com este tema você consegue ajudar o consumidor no caminho de compra sem vender explicitamente seus produtos.

Destinos para visitar em dezembro. Apresentar destinos com um mês específico chama atenção de quem planeja as férias para esse período. Utilize meses variados.

Restaurantes que você precisa conhecer em Buenos Aires. Esse tipo de tema faz com que os viajantes sintam vontade de realizar a viagem e conhecer os pontos turísticos.

Publicações de clientes que compraram produtos da sua agência. Você vendeu uma lua de mel, por exemplo, e o casal tirou ótimas fotos no destino. Peça permissão para fazer uma publicação na fanpage falando um pouco sobre a experiência que eles tiveram no destino.

Isso passa segurança para quem está pensando em comprar e você pode aproveitar para divulgar valores e informações de contato.

Dica de publicação comercial:

O exemplo acima mostra uma publicação que deve entrar nos 20%. Seja claro no texto: coloque informações de valores, formas de pagamento, datas. hospedagem, etc.

Procure dar o maior número de informações, mas não enrole muito, as pessoas precisam de uma leitura dinâmica na rede social, afinal, ela é usada em momentos de descontração para interação entre amigos. Por isso, as publicidades precisam ser diretas.

Texto demais desvia a atenção do usuário e pode fazer com que seu conteúdo seja ignorado.

Leia o artigo sobre direitos autorais para não infringir nenhuma regra/lei nas suas publicações: Direitos autorais

HUMANIZE SUA MARCA

Uma forma de conseguir humanizar sua marca é fazer postagens sobre os bastidores da sua agência. Fale dos funcionários, faça alguma postagem sobre a sua trajetória no turismo, use imagens de viagens que vocês realizaram, etc.

Outra forma é realizando transmissões ao vivo.  Lance um novo grupo, por exemplo, isso fará com que as pessoas 

interajam com a página e vejam quem está por trás dos processos.

Use essas transmissões para dar dicas de viagem, explicar sobre documentação, restrições em voos, passaporte, enfim, tudo que você puder oferecer de conteúdo útil. Pessoas gostam de dialogar com pessoas, principalmente pelas redes sociais. Lembre-se disso.

FREQUÊNCIA DE POSTAGEM  

As redes sociais são dinâmicas e promovem muita interação entre pessoas. Por isso, é recomendado que você não deixe de atualizar a sua fanpage diariamente.

Os conteúdos podem ser variados: um dia um material com dicas, no outro uma publicação levando para um conteúdo externo, depois uma enquete, enfim, existem muitas maneiras de não deixar sua página abandonada.

Imagens

Aposte em imagens de qualidade, pois com as milhares de publicações diárias, uma pessoa só irá parar para ler um texto na rede social se algo chamar atenção. A imagem faz isso!

Dados sobre engajamento em postagens com imagens:

93% das publicações mais engajadas possuem imagens;
53% mais curtidas em postagens com fotos;
104% mais comentários em conteúdos visuais.

Checklist de otimização da Fanpage

Para te ajudar a otimizar e manter sua fanpage sempre atualizada e gerando novos negócios, criamos um checklist que facilitará a sua visão de como melhorar sua página corporativa.

CONCLUSÃO

Quer conhecer o Monde e as vantagens de abrir sua agência de viagens já com um sistema de gestão?

Fale com um de nossos vendedores