Menu Close

Marketing humanizado: como sua agência de viagens pode ser mais humana

Isabela Braga

por Isabela Braga
Marketing de conteúdo
isabela.braga@monde.com.br

Marketing humanizado? Que isso? Como faz? Dá resultado? Continue lendo, vamos bater um papo sobre isso!

Estive em Florianópolis para participar do RD Summit (o maior evento de marketing e vendas da América Latina). 

Eu aprendi demais com as diversas palestras que assisti. Mas claro, além de aprender, eu estendi um pouco a viagem para aproveitar a cidade. 

Floripa tem aproximadamente 100 praias e deu tempo de conhecer algumas delas, fazer trilhas e pegar um bronzeado. Além disso, eu fiz amizades!

Você acredita que eu conheci uma senhora de 70 anos que fez a trilha da Lagoinha do Leste comigo? Essa trilha é conhecida por ser bem difícil, pois é íngreme e longa (leva em média 1 hora para ser concluída).

Um exemplo de motivação, pois não foi fácil, viu? Eu com 21 anos fiquei cansada, mas valeu a pena. Olha a vista: 

praia da logoinha do leste - Florianópolis

(O tempo não estava 100%, mas mesmo assim é lindo, né? Essa é a praia da Lagoinha do Leste). 

trilha da lagoinha do leste

(Trilha da Lagoinha do Leste. Florianópolis -SC)

Praia mole em Florianópolis. Aprendi sobre marketing humanizado e curti

(Praia Mole – Florianópolis -SC)

Bom, mas chega de histórias, pois nesse conteúdo eu não vou falar sobre praias, e sim sobre marketing humanizado, tema que foi altamente discutido no evento e que eu achei válido trazer para você, agente de viagens. 

Vamos conversar sobre:

  • Os 8ps de marketing; 
  • Por que falar de marketing humanizado?
  • Como sua marca pode ser mais humana. 

Então, hora de aprender.

Gif apontando para o conteúdo de marketing humanizado

Ps: esses dois mostrando o caminho que você deve seguir para aprender sobre marketing humanizado são a Amanda (aquisição) e o Mateus (produto)!

8Ps de marketing? 

Para que eu possa começar a falar sobre esse conceito de marketing humanizado, é importante entender o que são os 4 e 8Ps de marketing. 

Bom, os 4Ps representam os princípios básicos para qualquer estratégia de marketing. Mas o que cada P significa?

Produto – é o que a sua empresa oferta; 

Preço – o quanto você irá cobrar pelo seu produto ou serviço;

Praça – onde você irá ofertar seu produto ou serviço, ou seja, em quais canais sua empresa estará presente (meio online e físico); 

Promoção – como você irá divulgar seu produto/serviço para o público. Isto é, como fará com que as pessoas certas queiram comprar o que você vende.  

O conceito dos 4Ps foi desenvolvido por Jerome McCarthy, mas difundido pelo especialista em marketing Philip Kotler. A necessidade da criação é exatamente fazer com que o produto/serviço seja competitivo e chegue até o consumidor. 

Porém, as coisas evoluem, não é mesmo? E hoje eu vou apresentar 4 novos Ps que foram integrados ao conceito criado por Jerome.

Os 4 novos Ps do marketing 

Pessoas 

Veja só, agora nós temos o entendimento de que conhecer o comportamento do público é importante para vender. Aliás, eu diria que é um ponto essencial, pois entendendo a necessidade das pessoas você pode ofertar o que elas realmente precisam. 

Processos

Esse ponto fala sobre como a sua empresa vai trabalhar. Eu sei que uma agência de viagens tem diversos processos, envolvendo documentações e vários follow-ups para o cliente. 

Por isso esse item é importante. Ele representa o fluxo de trabalho da sua empresa para entregar ao consumidor a melhor experiência. 

Palpabilidade

Esse item mostra o posicionamento da sua empresa. Aqui é importante pensar sobre a estrutura física do seu negócio (no caso de agências físicas) e também no posicionamento estratégico no meio online. Como sua agência de viagens se posiciona?

Produtividade

Momento de falar sobre performance, outro fator importante no mundo atual. 

Você, como gestor, precisa incentivar sua equipe para que todos sejam profissionais de alta performance. 

Em um mercado altamente competitivo, como o de agências, isso faz toda a diferença. E você, funcionário, também precisa buscar conhecimento contínuo (por isso eu escrevo tantos conteúdos. Eu estou aqui para te ajudar nessa parte). 

Por que é importante falar de marketing humanizado?

Enfim, eu dei um panorama geral sobre todos os atuais Ps de marketing para que você entenda que tudo é pensando. O marketing é estratégia. 

Mas ele também trata de interação e relacionamento com PESSOAS! E é muito importante que você não se esqueça disso. 

Sua empresa está se relacionando com outros seres humanos e nós gostamos de um contato que seja real. 

Por isso, além de pensar no produto, preço, praça, performance e todos os outros Ps, você precisa se lembrar das pessoas. 

E como sua marca pode mostrar que pensa no consumidor e que é humana?

Dicas de marketing humanizado 

Separei 5 dicas práticas que você pode colocar em prática a partir de hoje para tornar o marketing da sua empresa mais humanizado. Vamos lá!

Faça storytelling! As histórias constroem um marketing humanizado

Primeiro, o que é o storytelling? Essa estratégia consiste, basicamente, em contar histórias. Ela é muito útil para que você consiga se conectar com o leitor/ouvinte que está acompanhando o que você produz. 

As pessoas costumam se identificar com conteúdos que criam conexão através de histórias de forma natural. Isso gera, consequentemente, engajamento e envolvimento.

E você, como agente de viagens, tem muita história para contar. Eu sei! 

Você conhece lugares, pessoas e tem experiências novas para compartilhar. Aproveite, pois essa estratégia irá tornar a sua interação com as pessoas no meio online muito mais interessante. 

Sendo criativo e trabalhando o storytelling em suas postagens nas redes sociais, blog posts, vídeos (ou em qualquer canal que sua agência utilize), você vai dar um grande passo no desenvolvimento de um marketing humanizado. 

Quer um exemplo de storytelling arrasador? A campanha Always: Like a Girl. 

A Dove, marca de produtos de higiene pessoal, contou uma história no vídeo que vou mostrar. 

Eles começam prendendo a atenção do espectador e causando a sensação de que iremos assistir a algo emocionante. Aos poucos eles revelam o propósito do conteúdo, passando uma mensagem motivacional e reflexiva.

É um vídeo pessoal e que tem tudo a ver com a marca.

Assista e se emocione.

Entenda as necessidades de quem compra de você (persona);

Isabela, persona mais uma vez? Sim, irei falar de persona novamente. Mas calma, vai ser rapidinho. 

É muito importante que sua agência de viagens entenda quais são as necessidades reais dos consumidores, ou seja, entenda o que eles precisam para, assim, poder ajudar. 

Quer marketing mais humano e relacionamento mais verdadeiro do que ajudar o seu cliente no que ele precisa? Isso é incrível. 

E basear todo o seu atendimento somente no que você acha que conhece do seu cliente, pode não ser suficiente. Afinal, você imaginaria uma senhora de 70 anos se realizando com trilhas difíceis como te contei lá atrás? Eu também não.

Então, comunique-se com quem compra da sua agência e com os que não compram também. Entenda o que eles sentem, do que eles precisam e sempre busque ser um agente de soluções, aquele que resolve!

A persona (que é um personagem criado para representar o perfil dos seus clientes) vai te ajudar a compreender essas necessidades. Por isso, leia o blog post “como criar a persona da sua agência de viagens”.

Encontre a linguagem que funciona para o seu público

Essa dica é uma continuação da anterior, pois definindo a persona e as necessidades do público, você conseguirá pensar na linguagem que usará para conversar com ele. 

Para definir essa linha de linguagem, você precisa pensar:

1- Meu público prefere uma comunicação mais informal, usando gifs, emojis e uma linguagem mais amigável? Ou prefere algo mais formal e sério?

2- Qual o meu objetivo ao me comunicar? Eu quero que minha agência tenha um perfil engraçado e que gere bastante envolvimento (curtidas, compartilhamentos, comentários) ou quero que seja mais informativo, passando notícias sobre o mundo do turismo? 

Claro que você pode mesclar as postagens, mas as suas redes sociais não podem parecer um Frankenstein. É preciso seguir uma linha! 

Pois seguindo essa linha sua agência pode criar uma identidade que irá tornar a sua marca mais humana. 

Poste pessoas nas redes sociais e esteja presente

Essa dica é bem legal e fácil de ser colocada em prática. Sempre que possível, interaja nas suas redes sociais usando pessoas. Apareça, mostre os funcionários, faça vídeos, peça para os seus clientes mandarem fotos da viagem (sem esquecer da autorização de uso)… enfim. 

Nós estamos colocando essa sugestão em prática no Instagram da Monde e os resultados são bem legais. Entrando no Instagram Insights, as publicações com maior engajamento são as postagens com pessoas:

Dica: poste foto dos aniversariantes do mês, de eventos, da equipe com o uniforme da agência ou em um momento de lazer… Enfim, é possível criar muito conteúdo humanizado. 

Responda a comentários e comunique-se de forma personalizada

Muitas empresas simplesmente esquecem os comentários de possíveis clientes nas redes sociais. Sabe aquele: “desculpa, visualizei e esqueci de responder”, no meio empresarial não pode, hein. 

Via MEME

Quando alguém comentar nas publicações da sua agência de viagens, responda o mais rápido possível. Mesmo se a pessoa estiver apenas marcando um amigo, escreva algo como:

“Primeiro nome, obrigado por compartilhar nosso conteúdo. Esperamos que vocês gostem”. 

Lembre-se que as redes sociais permitem interação e as pessoas gostam disso.

Trouxe um exemplo da Sonho Real Turismo (Americana -SP), que cria essa interação nas redes sociais. Olha só: 

Via Sonho Real Turismo 

Viu como a empresa se torna mais humana com essas respostas super carinhosas? Comece a fazer isso hoje!

Conclusão 

Chegamos ao fim.

Mas não precisa ficar triste, afinal, o blog da Monde tem diversos conteúdos sobre marketing, vendas, financeiro, gestão, redes sociais, etc. 

Então, continue lendo e acompanhe também nosso canal no Youtube e nossa Central de Materiais Educativos. É tudo gratuito!

Espero que tenha gostado e qualquer dúvida, deixe nos comentários! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ebook instagram --> vídeo de prospecção --> plano de contas --> como analisar resultados dos impulsionamentos --> Como fazer publicações de qualidade nas redes sociais -->
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]