Menu Close

Conteúdo de qualidade: conquiste clientes com sua experiência em viagens

Isabela Braga

por Isabela Braga
Marketing de conteúdo
isabela.braga@monde.com.br

Eu sempre falo aqui no blog que divulgar conteúdo de qualidade e relevante ajuda a atrair possíveis clientes. E não é só isso, ajuda a fidelizar a base que sua agência de viagens já tem. Mas afinal, como estruturar uma estratégia que não esteja pautada apenas nas promoções de viagens, mas que realmente faça com que sua agência conquiste credibilidade, autoridade no mercado e novos negócios? Irei falar sobre este tema agora.

Importância do conteúdo de qualidade

É fato que a tecnologia e a enxurrada de informações que ela traz estão moldando o processo de compra de viagens. Divulgar conteúdo relevante para os turistas é essencial, como mostra essa pesquisa sobre o perfil do viajante brasileiro. Redes sociais, sites e blogs sobre viagens são os principais meios de busca de informações sobre destinos. Além disso, 73% dos respondentes prefere pesquisar esses dados pelo computador, contra 23% que priorizam ir até uma agência. Ou seja, para expandir sua base de clientes fiéis, é muito importante que você comece a transformar sua experiência em conteúdo de qualidade e consiga estar presente onde seu público está.

Influenciadores digitais no turismo

O assunto viagens é muito atraente. As pessoas gostam de ler sobre turismo de aventura, pontos turísticos românticos, lugares para conhecer gastando pouco, etc. Esses assuntos despertam vontade de viajar. E quem melhor que os profissionais do turismo, com vasta experiência, para entregar ao público conteúdos de qualidade com esses temas, não é mesmo?

Uma pessoa que de alguma forma produz conteúdo relevante para a internet pode ser um influenciador. Adentrando um pouco o mundo de influenciadores dentro do tema “turismo”, irei apresentar um grande evento, que mostra que os blogueiros e criadores de conteúdo sobre viagem estão ganhando cada vez mais espaço. Segundo a Associação Brasileira de Blogs e Viagem (ABBV), a WTM Latin America é o mais importante evento do mercado de turismo na América Latina. A sexta edição da feira foi realizada em São Paulo, no Expo Center Norte, entre 3 e 5 de abril, reunindo 600 expositores, de 50 países diferentes, e 11.963 profissionais do turismo.

O objetivo da feira é unir profissionais para uma troca de experiência. Falar sobre o espaço dos influenciadores no mercado e sobre estratégias.

Fonte: Associação Brasileira de Blogs e Viagem (ABBV)

Você pode acompanhar os artigos da ABBV neste link. Vale a pena atentar-se a estrutura, dicas e linguagem.

Principais canais de distribuição de conteúdo

Bom, até aqui você já entendeu a importância de criar conteúdo relevante e o impacto dessa prática para ter a chance de dialogar com o cliente no momento em que ele está pesquisando. Agora, vamos falar de alguns canais para iniciar sua estratégia.

Blog

O blog é um dos principais canais para se disponibilizar conteúdo na web. Ele gera autoridade, visto que é um ambiente online exclusivo da sua empresa. As pessoas irão ler conteúdos originais produzidos pela sua agência, conhecer cada vez mais a sua marca e, consequentemente, isso o ajudará a ter mais visibilidade. Pessoas interessadas e engajadas tendem a buscar a solução dos problemas com quem entrega mais valor. Por isso, o blog é uma ótima maneira de criar materiais relevantes que ajudarão o público.

Se quiser entender mais sobre conteúdos para blog, leia o artigo: vale a pena criar um blog para sua agência de viagens?

Dica de blog para acompanhar: viajante Inveterado

Guilherme Goss é diretor da Reisen Turismo e Intercâmbios e criou um blog para compartilhar conteúdos sobre sua experiência viajando por mais de 60 países. Escolhi este cliente Monde como exemplo, pois o seu blog oferece tudo que citamos como importante para o agente de viagens: usar a experiência e a bagagem para oferecer algo relevante aos possíveis clientes, propagar a marca e aparecer online de forma positiva.

 

Guilherme cria posts dando dicas sobre destinos, locais para visitar (onde comer, quais passeios fazer, onde se hospedar, documentos e informações gerais etc). Além disso, os artigos geram confiança e passam muita credibilidade, já que as imagens são das viagens que Guilherme fez com a família ou de clientes da agência. Ele também usa um tom muito amigável na escrita, criando aproximação com o leitor.

Bom, se você está buscando um blog de agente de viagens para se espelhar, o Viajante Inveterado é uma excelente escolha.


Redes sociais

As redes sociais são acessadas por milhões de pessoas diariamente. Porém, vale ressaltar que a audiência do Facebook, Instagram, Youtube e de qualquer rede social não é exclusivamente sua. Sendo assim, vale a pena utilizá-las para linkar artigos do seu blog, levando o público para um território seu. Não estruture sua estratégia de marketing unicamente nesses locais, pois a intenção é gerar autoridade e criar sua própria audiência.

A Diana Carvalho, proprietária da agência Mundo 4 Estações, explica mais sobre isso no webinar: como uma agência está vendendo mais com o Instagram.

Além de fazer links externos, crie conteúdos exclusivos para cada rede. No Instagram, por exemplo, crie stories sobre os bastidores da agência, dando dicas de viagens e falando sobre promoções. Faça postagens focando em imagens (afinal, o Instagram é uma rede visual). No Facebook você pode estimular a interação com o público criando enquetes, disponibilizando textos mais dinâmicos sobre pontos turísticos, curiosidades, ajuda, etc.

Para que você possa se aprofundar no tema, separei alguns blog posts:

[Blog post] Vale a pena divulgar minha agência de viagens no Instagram?

[Blog post] Como medir o engajamento do seu público com a Fanpage da sua agência de viagens

[Blog post] Instagram lança IGTV: como sua agência de viagens pode usufruir desta plataforma?

Lembrando que não é um boa estratégia disponibilizar o mesmo conteúdo em diferentes canais, pois cada um tem uma linguagem diferente. Sempre faça adaptações no material para torná-lo de qualidade e atrativo em todas as plataformas.

Dica de canais no Youtube para acompanhar

Viajante inveterado

A agência de viagens que citei no bloco anterior também tem um canal no Youtube. Os vídeos mostram as viagens do Guilherme com sua família, dando dicas e apresentando pontos turísticos incríveis. Ressalto que o formato escolhido pela agência passa muita credibilidade, já que são filmagens de locais que o próprio Guilherme, agente de viagens com experiência, recomenda.

Viajando

Este é um canal que acompanho no Youtube e recomendo. Eles mostram atrações turísticas, dão dicas de como viajar gastando menos, países mais baratos para fazer intercâmbio e contam suas experiências. Vale a pena dar uma olhada no formato e na linguagem que eles utilizam, pois é bem didática e simples.

O que pensar no momento de escrever o conteúdo de ajuda ao público?

Relevância do conteúdo

A relevância do conteúdo diz respeito a entrega de valor para quem está consumindo seus materiais. Rafael Rez, autor do livro “Marketing de conteúdo: A moeda do século XXI”, explica alguns princípios que caminham ao lado do conteúdo relevante.

1- Para ser relevante, o conteúdo precisa ser fonte de conhecimento para o consumidor.

2- O conteúdo relevante é uma forma de estar presente para o consumidor no momento de suas pesquisas, fazendo com que ele conheça sua empresa, entenda seus objetivos de negócio, sinta uma conexão e escolha comprar de você.

3- Conteúdo relevante está atrelado a construir um relacionamento confiável com o consumidor, para que ele sempre volte a comprar.

Estamos em uma sociedade que tenta vender tudo o tempo todo. As pessoas já estão cansadas de anúncios e propagandas que tentam chamar a atenção forçadamente. Por exemplo: “grande oportunidade”, “promoção limitada”, “é só hoje”. A probabilidade desse tipo de anúncio ser ignorado é altíssima. Vale lembrar que em grande escala a propaganda forçada pode gerar resultados, mas a perda de oportunidades de negócio tem taxa proporcionalmente alta.

Quando pensamos em conteúdo relevante, estamos falando de materiais que não incomodam o público, mas que ajudam e entregam algo além do comum.

“Não é que precisamos de mais conteúdo. Precisamos é de mais conteúdo relevante.” Jason Miller, Global Content Marketing Leader do LinkedIn.

Tema-chave

O tema-chave é essencial para que os conteúdos tenham um direcionamento concreto. Ele traz à tona as preocupações, buscas e necessidades da audiência.

Suponhamos que você queira escrever um blog post sobre viajar gastando menos. Antes de iniciar a produção, faça uma busca para ver como as pessoas procuram por um tema desse tipo, qual a demanda, as perguntas, etc.

Dica: use a ferramenta Ubersuggest para fazer sua busca.

Pesquisei por “viajar gastando menos” para dar um exemplo. A ferramenta traz a demanda de pesquisas que os usuários têm realizado e você pode se inspirar nos temas, assim, o conteúdo tem mais chances de ser interessante e relevante. É uma ferramenta gratuita!

Estratégias para um conteúdo bem estruturado

Adequação do conteúdo com o título

Já li alguns artigos com títulos super chamativos, prometendo entregar um passo a passo para desenvolver determinada estratégia, mas, no final das contas, os textos não estavam alinhado com a promessa inicial. O que você escreve precisa adequar-se ao título escolhido. Se você prometeu um material de dicas para viajar gastando menos, dê dicas válidas, que você sabe que funcionam. Não adianta prometer no título e não cumprir no conteúdo, pois isso deixará o leitor frustrado.

Criação de título

O título é a primeira impressão da pessoa com o seu texto. Como disse anteriormente, ele não pode ser incoerente em relação ao conteúdo e precisa ser chamativo para atrair os leitores.

O título que aparece na página de resultados do Google geralmente é mais curto, visto que a pessoa que está pesquisando se depara com muitos resultados e precisa de uma leitura rápida.

Exemplo:

O tamanho desse título é limitado, então temos que criar algo objetivo e que chame atenção em poucas palavras.

Dicas para criar bons títulos

  1. Fique entre 55 e 63 caracteres
  2. Faça promessas (que serão cumpridas no material)
  3. Desperte a curiosidade do leitor
  4. Aposte em listas numeradas
  5. Faça perguntas
  6. Crie um senso de urgência
  7. Mostre os benefícios da leitura

Exemplo: 7 formas de viajar gastando pouco.

Você ainda não conseguiu viajar este ano?

Você precisa conhecer Natal (este tipo de título deixa o “por quê?” na cabeça da pessoa, ativando a curiosidade).

Conteúdo de fácil leitura

Facilitar a leitura do usuário, tornando-a mais dinâmica, faz parte da estrutura de um conteúdo de qualidade. Afinal, nosso objetivo é entregar ao público a melhor experiência.

Quando escrevemos um material, nossa intenção é que a pessoa chegue até o final da leitura. Por isso, escreva de forma simples, facilitando a compreensão ao máximo. Lembrando que essa dica deve ser aplicada, principalmente, nas redes sociais, já que elas exigem mais dinamismo.

Dicas para um conteúdo mais dinâmico

  • Divisão em tópicos
  • Objetividade
  • Utilizar palavras comuns (não dificulte a leitura com palavras de difícil compreensão)
  • Negrito, itálico, sublinhado
  • Alinhamento à esquerda

Conclusão

A forma de comprar viagens mudou e o turista está cada vez mais informado. Sua agência precisa estar presente online com conteúdo atrativo, que fará com que o cliente lembre-se da sua marca, compre e recomende.

E então, o conteúdo foi útil? Deixe suas dúvidas e sugestões nos comentários.

Prefere assistir um vídeo sobre o tema? Clique aqui e confira o webinar sobre como transformar sua experiência em conteúdo de qualidade. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]