Menu Close

Como contratar funcionários capacitados para sua agência de viagens

Lanay Pombo

por Lanay Pombo
Gerente de RH
lanay.pombo@monde.com.br

Uma das reclamações mais frequentes dos donos de agência de viagens é: não encontro profissionais capacitados que irão oferecer um atendimento único aos meus clientes e que irão agregar real valor a minha empresa. O que acontece é que existem pessoas qualificadas no mercado. Então por que você não encontra o funcionário ideal? Pode ser uma falha no seu processo de contratação. Para te ajudar, trouxemos neste artigo estratégias de como contratar funcionários capacitados para sua Agência de Viagens. Acompanhe e veja como estruturar um processo de contratação eficaz.

Entenda qual é o perfil ideal de profissional que você procura

Não existe uma regra. Cada empresa precisa definir esse perfil por conta própria. O vendedor ideal do seu concorrente muitas vezes não será ideal para você, mesmo que a função e o negócio sejam os mesmos. Isso porque cada agência de viagens tem uma cultura, que na maioria das vezes é baseada nos valores de quem a fundou e a dirige.

Pensando nisso, na hora de contratar uma pessoa para trabalhar na sua agência, é necessário saber as características pessoais e profissionais que são importantes que ela possua. Afinal, esse profissional estará ao seu lado no dia a dia e é importante que tenha um perfil que se encaixe ao seu e ao da sua equipe, se já possuir uma.

Caso você já tenha outros funcionários, pode usá-los como exemplo. As características que você preza no seu melhor vendedor, por exemplo, com certeza devem estar na lista. Já aquele pequeno detalhe que já te fez dispensar um outro funcionário, precisa ser evitado a todo custo. Mas caso essa seja a primeira contratação que você está fazendo para sua agência, pense em você mesmo, nas características que possui e gostaria que essa pessoa também tivesse. Faça uma lista das atividades que ela irá exercer e, baseado nisso, identifique os conhecimentos e habilidades que ela precisa ter.

Lembre-se nesse momento que a maioria das habilidades técnicas podem ser treinadas, mas que cultura e comportamento raramente são mudados. Ou seja, não adianta contratar uma pessoa cheia de conhecimentos técnicos, mas que tem um perfil desalinhado da cultura da sua empresa. 

Divulgue a vaga nos lugares certos

Existem diversos meios que podem ser usados para você divulgar sua vaga de emprego, indo desde jornais, revistas e emissoras de rádio locais, até os portais de vagas e mídias sociais – que são mais utilizados hoje em dia com a inclusão digital.

Lembre-se que esse é o momento de vender a sua empresa e a sua vaga. Então, monte um descritivo que seja chamativo, fale sobre a ótima oportunidade que você está oferecendo. Conte um pouco sobre a sua empresa, detalhe as atividades que serão desempenhadas no dia a dia, as exigências do cargo e também os benefícios que serão oferecidos. Não deixe nenhum detalhe de lado, pois pode ser decisivo para alguém se candidatar ou não para sua vaga.

Realize várias etapas para analisar tudo que for necessário

Muitas vezes na pressa de contratar alguém, nos contentamos com uma entrevista de 15 minutos e acreditamos que ela será suficiente para conhecer a fundo alguém, colocá-lo para trabalhar em nossa empresa e conviver conosco todos os dias. Uma semana depois da contratação vem a grande surpresa: ele não é nada do que prometeu que seria. Reconhece esse cenário? Para evitar ao máximo que isso aconteça é necessário não poupar tempo no processo de seleção e realizar quantas etapas forem necessárias.

Então, antes de iniciar o processo, avalie todas as características levantadas durante a elaboração do perfil do profissional desejado e planeje etapas que sejam eficazes para identificá-las nos candidatos. Abaixo listamos algumas das principais etapas que podem ser realizadas e a suas importâncias.

Testes online

Os testes online são utilizados principalmente para avaliar comportamentos, utilizando situações e expondo possíveis soluções para que o candidato decida qual delas executaria. Para essas questões, não existe um certo ou errado global. Elas precisam ser elaboradas de acordo com sua cultura e não podem deixar óbvio para o candidato qual escolha você prefere. Então, crie situações que podem acontecer no dia a dia da sua agência e coloque como uma das alternativas o comportamento que você espera que o seu funcionário tenha. Depois escolha outros comportamentos que são possíveis, mas inaceitáveis dentro da sua cultura, e os coloque como outras alternativas de resposta.

Apesar dessa análise comportamental ser o tipo mais utilizado nesse teste, ainda é possível aplicar avaliações técnicas, como de língua portuguesa, conhecimentos técnicos do turismo, outros idiomas, etc. A principal vantagem do teste online é que ele traz agilidade ao processo de seleção, pois é importante criar uma régua de pontos e só aprovar para a próxima etapa os candidatos que atingirem a nota mínima estipulada.  Apesar de existirem vários sistemas que fazem isso de forma automática, você pode também utilizar o próprio Google Forms, que é oferecido gratuitamente dentro das ferramentas do Google para criar o seu teste.

Dinâmica de Grupo

Esta etapa é uma ótima opção para analisar o espírito de equipe, a comunicação, empatia, pensamento lógico e o trabalho sob pressão. Se aplicada da forma correta, a dinâmica de grupo ajuda a quebrar o gelo e possibilita que os candidatos se sintam mais à vontade e sejam mais espontâneos.  A maior dificuldade durante essa fase do processo é conseguir prestar mais atenção a construção do que ao resultado dos testes. Em uma dinâmica o que é importa é o que acontece durante a interação dos candidatos e os comportamentos que são demonstrados durante a atividade, não necessariamente o resultado final.

Entrevistas individuais

O ponto principal de uma entrevista individual é a preparação. É nesse ponto que muitas empresas erram. Antes de conduzi-la é necessário ler com real interesse o currículo do candidato e se inteirar do resultado das outras etapas pelas quais ele já passou. Dessa forma você consegue estruturar os assuntos que deseja abordar e ter a capacidade de tirar todas as dúvidas que forem necessárias.

Caso você não seja um entrevistador experiente ou não tenha tanta facilidade com esse processo, monte uma lista com as perguntas que deseja fazer e leve-a com você. Assim, você não se esquecerá de nenhum tema importante. Conduza a entrevista com perguntas que levem o candidato a pensar em situações pelas quais ele já passou e evite questões que possibilitem respostas “sim” ou não”. Por exemplo, questione: “me conte uma situação na qual você precisou utilizar suas habilidades de organização” ao invés de: “você se considera uma pessoa organizada?”.

Testes Práticos

Outra etapa muito importante durante um processo de seleção, são os testes práticos, ou on the job, como chamamos. Esses testes colocam os candidatos em situações que eles vivenciarão no dia a dia caso sejam aprovados para a vaga e testam habilidades específicas que estão sendo buscadas.

Caso esteja contratando um vendedor, por exemplo, pode escolher um destino específico e dar alguns dias para que ele o estude. Depois peça para que ele o venda (seja para você ou para algum de seus funcionários). Nesse momento, coloque o entrevistado em situações que normalmente acontecem no dia a dia de sua agência, focando sempre nas competências que deseja encontrar, como comunicação, persuasão e empatia. Lembre-se que esse não é um teste de conhecimentos e sim de habilidades. Por isso, não se preocupe caso o candidato fale que você vai comer muito pato no tucupi lá em Salvador, pois esse não é o ponto principal da avaliação.

Conclusão

Você não precisa realizar todas as etapas para qualquer vaga que abrir. Porém, é importante que aquelas que você decidir realizar sejam suficientes para avaliar todas as características que deseja encontrar no seu profissional ideal. No final do processo você não pode ter dúvidas de que contratou a pessoa certa para sua agência. Lembre-se sempre: “na dúvida, não contrate”.

Tenho certeza que executando um processo mais completo de contratação, você conseguirá encontrar o profissional ideal, pois existe sim muita gente boa no mercado, nós só precisamos ter coragem, planejamento e tempo para encontrá-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]